DICAS PARA EVITAR DANOS ÀS CARGAS

Acidentes e erros operacionais, ainda que indesejáveis, fazem parte da rotina de atividades da logística. Evitá-los ao máximo é necessário e por isso, transportadores e operadoras logísticas podem adotar medidas que reduzem os riscos. Dessa forma, a atividade se torna mais segura e os custos com perdas de materiais são mitigados.

Confira essas dicas para evitar danos aos produtos em suas operações:

Disponha tempo para períodos de treinamentos

Antes de implementar um novo sistema de distribuição de mercadorias, é importante realizar testes para analisar seu desempenho real. Envie cargas teste com objetos de peso, volume e natureza próximas aos seus produtos para você ter uma base de comparação da nova metodologia.

Indicadores de impacto, choque e inclinação são aparelhos baratos instalados fora de caixas que indicam que um carregamento foi manuseado de forma errônea. Isso pode ajudar a identificar tendências operacionais e promover correções.

Selagem e amortecimento

Selar os pacotes com fitas plásticas sensíveis a pressão de qualidade para garantir que os produtos estão protegidos contra umidade e odores do ambiente. Utilizar materiais de amortecimento nas embalagens também protege contra eventuais problemas no manuseio.

Preencha os espaços 

Os vazios são problema não apenas dentro de caixas e páletes. Os espaços no perímetro de seus pacotes possibilitam que eles se movam durante o transporte, aumentando o risco de danos. Utilize equipamentos que possibilite a eliminação desses espaços indesejados para evitar avarias durante as movimentações.

Embalagens que facilitem retornos 

Para garantir proteção para itens no caso de retornos, utilize caixas fáceis de abrir e montar, evitando que pessoas as rasguem ou quebrem.

Equipe seus caminhões 

As vibrações causadas pelo atrito com o asfalto das rodovias podem gerar danos aos produtos. Dessa forma, é importante que caminhões tenho um sistema de suspensão a ar especial para reduzir os riscos de arranhões e vazamentos nas cargas.

Treine os funcionários acerca do manuseio de embalagens 

Realize treinamentos para as equipes de recebimento e entrega a respeito de utilizar com segurança os equipamentos de corte para evitar arranhões, rasgos e outros danos aos produtos, além de lesões aos funcionários. As caixas devem apresentar as instruções de abertura, incluindo os indicadores de corte, para proteger corretamente os produtos.

Evite água e umidade 

Fenômenos como “chuva de contêiner” ou “suor de carga” acontecem devido à condensação excessiva dentro de contêineres devido à mudança de temperatura ou de umidade. Eles podem causar corrosão, deformação ou mofo aos produtos. Para manter o ambiente seco, é importante adicionar dessecantes em cargas sensíveis à umidade que atravessam oceano ou que poderão encarar condições climáticas variadas.

A importância de empilhadeiras e dos equipamentos certos

Certifique-se que armazéns e galpões de cross-docking tenham corredores livres para a circulação e manobras de empilhadeiras. Utilizar o equipamento específico para cada operação evitará produtos quebrados por manuseio indevido.

Inspeção dos produtos

Todos os envolvidos na cadeia de custódia do produto devem inspecionar todos os itens enviados para averiguar se houve algum tipo de dano ou mudança de quantidade no período que a carga ficou no local. Os relatórios devem contar a área da embalagem que sofreu alguma avaria e o tipo de dano ocorrido.

As dicas de prevenção de danos foram indicadas por David Faulkenberry, vicepresidente de logística da operadora XPO Last Mile, no site Inbound Logistics.