É mais vantajoso comprar ou alugar um imóvel para começar minha nova empresa?

Iniciar na trajetória de empreendedor traz muitas dúvidas e uma delas em particular tira o sono de muitas pessoas, será que é mais válido comprar ou alugar o imóvel em que a empresa será montada? Como muitas das decisões que precisam ser tomadas por empresários, essa precisa da análise de múltiplos cenários. Entender os prós e os contras de cada possibilidade permite ser assertivo na hora de bater o martelo.

Comprar ou Alugar? Eis a Questão!!

Muitos brasileiros enveredam pelo caminho da abertura do negócio próprio e, na hora de escolher a sede ou ponto comercial, existe o questionamento sobre investir parte do capital na aquisição do imóvel ou manter a flexibilidade do aluguel. A primeira questão que vou deixar clara é que não existe certo ou errado, tudo depende da situação de cada organização e da análise das vantagens e desvantagens.

Analisando Múltiplos Cenários

Abaixo listamos alguns cenários possíveis em que citamos os pontos fortes e fracos da compra e do aluguel. Tente encaixar o contexto da sua empresa num desses exemplos para que possa chegar a um consenso do que é melhor em particular para o seu negócio.

Aluguel permite investir em capital de giro

A primeira coisa que vem à mente quando mencionamos a palavra “aluguel” é jogar dinheiro pela janela, pois é um montante que não retorna. No entanto, se você está entrando no mercado agora sem uma base de clientes (que muitos empresários trazem de suas experiências de trabalhos anteriores) precisará de um capital considerável para giro.

O capital de giro é o dinheiro que permanece à disposição da companhia para que ela possa se manter operando mesmo que o período não esteja próspero. Se o futuro próximo da sua organização ainda é nebuloso, pode ser mais válido manter o capital que seria investido na compra numa conta poupança para ser usado numa emergência e se manter no aluguel. Aliás, os juros da poupança ou de outros tipos de investimentos podem custear o aluguel.

Compra reduz gastos operacionais

Cada negócio é único e tem demandas bem particulares em termos de investimento para funcionamento. As companhias que têm muitos custos operacionais, devido à estrutura necessária para se manter operantes, podem ter dificuldade de atingir o ponto de equilíbrio (momento em que os custos são totalmente cobertos pelas vendas). Nesse caso, a compra do imóvel é interessante porque suplanta um dos custos fixos mais pesados, o aluguel.

Imóvel com potencial de valorização

Nos últimos anos, o Brasil passou por uma crise econômica que afetou o segmento de imóveis, até então um dos mais lucrativos. O mercado imobiliário está tentando se recuperar dessa dificuldade, oferecendo imóveis com preços mais acessíveis e com a possibilidade de que se valorizem daqui alguns anos, haja vista que a crise não durará para sempre.

Muitos empreendedores vislumbram na aquisição do imóvel da sua companhia a chance de ter um bem com potencial de valorização. Porém, devemos ressaltar que existe o risco de o imóvel ser desvalorizado por uma nova crise econômica, por problemas sociais surgidos no entorno, entre muitos outros fatores. O empresário deve, ainda, se questionar a respeito de estar desviando o foco principal, que é o funcionamento assertivo da sua companhia para pensar em investimento em imóveis.

Aluguel permite flexibilidade

A estatística que aponta que mais da metade dos novos negócios fecha antes de completar 5 anos de atuação, demonstra a relevância de ter flexibilidade. Adaptar-se a mudanças mercadológicas, assim como mudar o ponto comercial, pode se mostrar imprescindível. Quando se está alugando um imóvel, os custos para uma mudança são relativamente baixos.

No entanto, imagine descobrir, depois de alguns meses da compra do ponto, que ele não tem bom potencial para vendas. Será bem difícil conseguir vender esse imóvel e depois ainda comprar outro para recomeçar as atividades. Pode ser interessante que, nos primeiros anos de mercado, a companhia esteja num imóvel alugado, pois assim manterá a sua flexibilidade e capacidade de reação rápida.

Perfil do empreendedor

Esse fator não deve ser visto como preponderante para a tomada da decisão a respeito de comprar ou alugar o imóvel da organização, mas não deixa de ser válido. Os empresários que têm perfil conservador de maneira geral não querem se comprometer com riscos, tendo no aluguel a escolha mais alinhada com a sua natureza. Já os empreendedores que têm uma atuação mais arrojada tendem a se expor mais e entender que a compra do imóvel enfatiza a sua certeza de que o negócio será próspero.

Faça uma Análise

Tomar uma decisão que envolve um capital tão grande não é fácil e exige profunda análise. Considere todos os fatores que citamos acima e questões específicas ligadas ao seu empreendimento. Muitas companhias não têm nenhum problema em seguir sua trajetória num imóvel alugado. Tudo depende da situação específica de cada organização!

A Unicargo foi Eleita 5 vezes a Melhor entre as Maiores no setor Aéreo de Cargas pela revista Transporte Moderno (Maiores & Melhores). Também eleita 3 vezes Top no Transporte Aéreo no setor Farma, em pesquisa realizada pela Weblog.

Para saber melhor sobre nossos serviços, entre em Fale Conosco. Será um prazer atendê-lo.