Black Friday e a Logística

1. Planeje as vendas

Lucrar na Black Friday é algo que invariavelmente depende de planejamento. Por isso, os preparativos para essa data devem começar com meses de antecedência. Durante esse tempo, gestores precisam estruturar suas equipes e estoques, rever as condições dos canais de venda, organizar a logística, investir em campanhas de divulgação, entre outros tantos aspectos.

Além disso, é interessante realizar pesquisas de mercado e também sobre as vendas da empresa, a fim de entender:

  • quais são os produtos mais procurados;
  • quais itens possuem maior potencial para lucratividade;
  • quais produtos receberão descontos e como será calculado esse percentual;
  • qual a quantidade de itens em estoque;
  • como todas as promoções serão planejadas e divulgadas.

Vale lembrar que, depois de toda a análise interna e mercadológica, é preciso planejar as compras e negociar preços e condições com fornecedores para provisão de insumos.

2. Controle o estoque

Um passo essencial na organização da logística para a Black Friday é o controle de estoque. Com uma velocidade alta de vendas, será preciso fazer um inventário antes da data e analisar as quantidades exatas que a empresa possui.

Assim, com base nas informações levantadas no planejamento inicial, o setor de compras saberá exatamente o que precisa ser reposto e em quanto tempo todos os produtos precisam estar prontos.

A análise de dados e organização são imprescindíveis para o sucesso na Black Friday, já que as informações analisadas contribuem para minimizar os riscos de sobra ou falta de produtos no estoque. Da mesma forma, esse é o período ideal para liquidar itens que já estão encalhados e comprometem o capital de giro da empresa.

3. Simule o frete e prazos

Não dar atenção ao cálculo do frete e ao possível prazo de entrega é um erro que não pode ser cometido na Black Friday. Isso é necessário porque atrasos ou mal-entendidos podem afetar negativamente a imagem que o consumidor tem da empresa.

É muito comum, nesse período, que clientes se sintam enganados por falsas promoções. Portanto, de nada adianta oferecer uma oportunidade de compra imperdível se o valor do frete é exorbitante ou se o prazo for muito longo. Assim, seja claro nas suas campanhas ao anunciar o valor do frete e o prazo aproximado.

Essa parte também deve ser cuidadosamente planejada para que, no fim, a empresa não tenha prejuízo com o transporte das mercadorias. Dessa forma, simule um valor adequado para o frete e estipule um prazo com folga, para evitar o risco de atrasos e reclamações dos clientes.

4. Prepare-se para uma demanda superior

Se um lojista não se prepara para vender na Black Friday, ele pode se surpreender com o aumento de demanda repentina e não conseguir lidar com a velocidade dos pedidos. Sendo assim, se você tem um e-commerce e está acostumado com um número médio de acessos por dia, certifique-se de que seu site poderá comportar, por exemplo, 10 vezes mais acessos do que o habitual.

O mesmo vale para o atendimento: prepare suas equipes e verifique se não será necessário intensificar o time especialmente para essa data. Do mesmo jeito, com tantas ofertas imperdíveis, clientes de diversas partes do país podem solicitar seus produtos ou serviços. Caso sua empresa não tenha uma tabela de fretes completa e atualizada, sua equipe pode perder vendas tentando localizar um CEP desconhecido.

5. Organize o transporte

Se sua empresa possui logística própria, esse é o momento de verificar as condições e manutenção da frota. Afinal, se as entregas multiplicarem, você precisa ter certeza de que todas as solicitações serão atendidas dentro do prazo.

Caso não possua frota própria, conte com uma transportadora comprometida e de confiança. Para sua empresa, é importante cumprir com o prometido para não perder clientes ou ter a reputação de sua marca manchada.

Na hora de escolher, busque parceiros flexíveis e especializados, que farão entregas com segurança. Para aprimorar ainda mais o fluxo de entregas, conte com empresas que investem em tecnologias como rastreamento e monitoramento de cargas. Informar o consumidor sobre o status do seu pedido em tempo real é certamente um diferencial.

6. Fique atento ao pós-venda e à logística reversa

É natural que, com mais vendas, maiores são as possibilidades de trocas e retornos de mercadorias. O atendimento eficiente e rápido do cliente nesse momento de pós-venda é crucial para garantir sua fidelização.

Portanto, sua empresa precisa estar preparada para receber e atender essas solicitações de trocas e recolher mercadorias. Aposte em boas práticas de logística reversa para facilitar a vida do consumidor e aprimorar ainda mais sua experiência de compra.

Para ter sucesso na Black Friday e cativar clientes, a empresa precisa elaborar uma boa estratégia de vendas e, acima de tudo, manter os processos da cadeia de suprimentos bem-alinhados. Invista em nossas dicas de logística para a Black Friday e prepare-se para fazer ótimas vendas!

A Unicargo foi Eleita 5 vezes a Melhor entre as Maiores no setor Aéreo de Cargas pela revista Transporte Moderno (Maiores & Melhores). Também eleita 3 vezes Top no Transporte Aéreo no setor Farma, em pesquisa realizada pela Weblog.

Para saber melhor sobre nossos serviços, entre em Fale Conosco. Será um prazer atendê-lo.