Tendências no setor de Transporte e Logística para 2020

1 – Geração de Novos empregos

De acordo com o último relatório apresentado pela Gartner, com as tendências tecnológicas, para os próximos anos, a criação de novos empregos na área de Inteligência Artificial é uma das principais previsões do mercado para 2020.

No setor de transporte e logística, quando aliada a outros sistemas e conceitos como Big Data, Machine Learning e Cloud, a Inteligência Artificial oferece muitas oportunidades de aperfeiçoamento de técnicas e execução de tarefas, como processar grandes quantidades de dados e reconhecer padrões nesses dados.

As novas tecnologias, ao contrário do que o senso comum pensava tempos atrás, não causarão perdas de empregos e sim irão demandar novos profissionais com capacidade de análise e percepção. As atividades extintas serão as repetitivas e não as criativas.

Com o auxílio da inteligência artificial tarefas operacionais rotineiras deixarão de ser realizadas por humanos, fazendo com que os profissionais foquem em atender melhor os clientes, com a gestão de processos ágeis e enxutos.

2 – Tecnologia Blockchain

Com a premissa de revolucionar o mercado de logística pela transparência e maior inviolabilidade de dados, essa ferramenta que surgiu no mercado financeiro com o aparecimento das criptomoedas conquista outros segmentos por sua diversificada possibilidade de aplicação.

No setor de transporte e logística confere vantagem competitiva principalmente pela redução de custos e riqueza nas informações.

Compare um exemplo de entrega de um produto de uma cidade para outra que utiliza o sistema tradicional e a tecnologia Blockchain.

Sistema Tradicional

Nessa entrega, 4 empresas foram envolvidas. É difícil estabelecer entre essas organizações quem é responsável pelo material e em qual momento. Se a carga for roubada em uma das etapas, quem irá ressarcir o cliente? Em fluxos como esses, a chance de perder informações é alta.


Tecnologia Blockchain

Já com o Blockchain, o rastreamento ocorre em todo momento. Todas as empresas acessam a mesma rede e verificam a informação diretamente da fonte. E, o cliente, ainda pode acompanhar com mais precisão a entrega do produto, acompanhando a rota.

3 – Segurança das Informações

Considerando um rápido crescimento do uso da IoT – Internet das Coisas, diretamente relacionado ao aumento do número de dispositivos conectados à rede, a Gartner prevê para o próximo ano uma maior incidência de falhas e acidentes com equipamentos ligados a internet.

A conseqüência disso, será um maior investimento em segurança para solucionar esses problemas.

Como no setor logístico e de transporte, a integridade de dados é o que garante a eficiência dos processos, os sistemas em nuvem podem ser a solução, pois oferecem rapidez e baixo custo no armazenamento e processamento de uma grande quantidade de informações em tempo real.

4 – Análises Inteligentes de dados

De acordo com um estudo realizado pelo Fórum Econômico Mundial (World Economic Forum – WEF), as ferramentas de Analytics irão colocar os dados no centro dos processos de logística, ajudando a reduzir os custos e aumentando a eficiência da operação.

Soluções inovadoras devem oferecer uma melhor precisão no gerenciamento integrado das informações e nas análises de resultados para tomadas de decisão ainda mais estratégicas.

Novas plataformas digitais com mais alcance, e interação, como a realidade virtual, devem surgir para facilitar as operações de exportações, por exemplo, uma vez que as informações se adequarem, automaticamente, as leis de cada país.

Nesse cenário, é possível tornar seu negócio mais inteligente adquirindo ou criando um sistema de gestão automatizado de frotas, que permite o mapeamento das rotas e calcula as variáveis para reduzirem os custos operacionais. Além de monitorar o veículo em tempo real, agregando valor e eficiência ao processo logístico.

5 – Uso de Dispositivos autônomos

A adoção de caminhões autônomos e a entrega de mercadorias por drones chegam para aumentar a eficiência no processo de entrega do setor de transporte e logística.

Embora isso não deva acontecer no Brasil de forma massiva, pelos próximos anos, as empresas desse segmento devem estar atentas a essa evolução.

Caminhões autônomos são mais rápidos, menos poluentes e mais seguros. Além de serem mais econômicos em relação a combustível e manutenção de peças.

Já os drones oferecem a capacidade de entregar mercadorias com mais agilidade para pequenas e médias distâncias e ainda em áreas remotas.

A Unicargo foi Eleita 5 vezes a Melhor entre as Maiores no setor Aéreo de Cargas pela revista Transporte Moderno (Maiores & Melhores). Também eleita 3 vezes Top no Transporte Aéreo no setor Farma, em pesquisa realizada pela Weblog.

Para saber melhor sobre nossos serviços, entre em Fale Conosco. Será um prazer atendê-lo.