Transporte Multimodal, como funciona?

O transporte multimodal de cargas é, basicamente, aquele que utiliza duas ou mais modalidades de transporte. Desde a origem até o destino, utilizando um único contrato de pessoa jurídica.

Portanto, para uma maior segurança do processo, ele deve ser executado sob responsabilidade única de um Operador de Transporte Multimodal (OTM), que utiliza-se de meios próprios ou de terceiros. Uma vez que o operador é responsável pela:

  • Execução dos contratos;
  • Possíveis prejuízos resultantes de perda;
  • Danos ou avaria das cargas;
  • Prazos de entrega.

Dessa forma, a principal vantagem do multimodal é a redução da burocracia e da preocupação.

Porque usar o transporte multimodal?

A utilização do transporte multimodal é um mecanismo moderno e importante em função do ritmo acelerado do mercado. A necessidade dessas operações de transporte mais complexas ocorrem, inclusive, para que seja possível cobrir maiores distâncias e atingir regiões difíceis.

Apesar de parecido, há diferenças entre o multimodal e o intermodal, que utiliza-se de contratos diferentes para cada meio de transporte.

Então, para que seja considerado multimodal, além da utilização de pelo menos dois modais e existência do operador (OTM), é necessário que o processo aconteça a partir de um único contrato. Além disso, deve ser utilizado apenas para cargas unitizadas indivisíveis. Já as inspeções fiscais devem ocorrer apenas na origem e no destino final do transporte.

Como funciona?

Para conduzir a mercadoria até o destino final, neste caso, é necessário mais de um tipo de veículo, desde caminhões, navios, aviões ou outro tipo de condução, de acordo com tipo de carga e prazo para a entrega. Porém, os modais devem ser pensados no planejamento, para que haja conformidade com o negócio.

Assim, o OTM é responsável por todas as etapas do transporte, que ocorre com a coleta da carga, processos burocráticos, transporte entre modais e entrega.

Dessa forma, há uma redução de custos com o pagamento de um único frete. Além de maior praticidade e agilidade e redução de eventuais problemas operacionais. Então, os contratantes podem usufruir do conforto de cobrar apenas do OTM todas as obrigações inerentes ao transporte

Portanto é uma mas melhores opções para transporte de cargas no Brasil. Pois desburocratiza a sistemática de transporte, utilizando a infraestrutura da melhor forma e agregando mais valor aos produtos no mercado interno.