Dicas de como armazenar sua mercadoria

O processo de armazenamento deve sempre ser bem analisado para que se possa conseguir maior agilidade na movimentação de produtos. Para armazenar suas mercadorias não basta apenas ter um local para guardá-las, mas sim estabelecer um processo de organização e mantê-lo para que toda a cadeia da empresa possa oferecer um melhor atendimento.

Na armazenagem existem diversos fatores que precisam ser considerados e, para isso, é necessário seguir um processo criterioso e detalhado, como você pode verificar a seguir, com as 10 dicas para armazenar suas mercadorias da melhor forma possível:

1. Organizar a entrada e saída de mercadorias

O controle de entrada e saída de mercadorias deve ser a primeira providência a tomar. Para isso, é importante ter um software de gestão de estoque que permite manter o controle de forma automática.

No caso de uma empresa de menor porte, o controle de entradas e saídas pode ser feito através de uma planilha eletrônica, mas isso vai exigir mais a atenção das pessoas responsáveis, para que não ocorram erros de lançamento.

O controle de entradas e saídas deve conter todas as informações sobre o produto, inclusive com anotação de documentos, de quantidade de produtos, do endereçamento do local onde a mercadoria será armazenada e, quando houver a saída, é necessário dar a baixa com o registro da data de saída.

2. Manter as mercadorias na embalagem original

Para preservar a qualidade e a integridade dos produtos e armazenar suas mercadorias com maior segurança, é necessário mantê-las na embalagem original, tomando os devidos cuidados no manuseio, para que elas não apresentem problemas.

De uma forma geral, as mercadorias chegam com as embalagens primárias, que envolvem o próprio produto, havendo ainda as embalagens secundárias, que protegem as primeiras e garantem sua preservação.

Se as embalagens apresentam maior qualidade, é mais fácil garantir a integridade dos produtos armazenados, ajudando, inclusive, no processo de separação e identificação, ao mesmo tempo em que se pode otimizar o espaço onde serão armazenadas.

Nas empresas de maior porte, a manutenção das embalagens ajuda, inclusive, na paletização, facilitando o manuseio de produtos em maior quantidade e oferecendo mais velocidade às operações.

3. Armazenar as mercadorias de forma correta

Uma das principais preocupações para armazenar suas mercadorias deve ser a agilidade nos processos de movimentação de cargas, principalmente em dias de maior movimento. Para atender essa necessidade, é preciso que todas as mercadorias sejam armazenadas de forma correta.

Existem sistemas próprios para isso, como a classificação da curva ABC, em que os materiais que apresentam maior giro ficam mais próximos à recepção do armazém, ganhando maior rapidez para a recepção e expedição, enquanto que outras mercadorias podem ficar em posição intermediária ou mais distantes, já que não são movimentadas com a mesma frequência.

4. Manter uma infraestrutura adequada

O local para armazenar suas mercadorias deve conter toda a infraestrutura necessária para garantir um fluxo mais eficiente na movimentação de recepção e expedição de itens.

Na escolha do local é preciso considerar alguns pontos importantes, que garantam esse processo de movimentação:

  • Nas empresas de maior porte é necessário um local com pé direito alto para suportar a estrutura de porta-paletes, podendo, ao mesmo tempo, servir para ampliação do espaço;
  • O piso do armazém deve suportar o peso dos equipamentos e dos materiais;
  • O ambiente deve ser iluminado de forma eficiente, porém econômica;
  • O local deve ter todos os controles de segurança necessários, inclusive devendo ser monitorado em tempo integral;
  • O armazém deve possuir sistemas de segurança contra incêndio;
  • Outras necessidades devem ser vistas, como nivelamento e docas cobertas para carga e descarga.

5. Definir um layout adequado

O layout do armazém deve ser estruturado de forma a oferecer a maior eficiência possível para a movimentação do dia a dia. É necessário considerar o fluxo de operações, movimentação de equipamentos, operadores e outras ferramentas necessárias.

O espaço deve ser aproveitado ao máximo, utilizando toda a disponibilidade e, ao mesmo tempo, mantendo uma estrutura organizada e flexível, inclusive com sinalização para manter a organização.

6. Organizar o espaço físico para armazenar suas mercadorias

Quando nos referimos à organização do espaço físico para armazenar suas mercadorias, estamos também nos referindo à arrumação e à limpeza, que são fatores básicos para manter o espaço conservado e, ao mesmo tempo, prevenir possíveis acidentes.

A manutenção dessa organização exige que tudo esteja em seu devido lugar, sem objetos espalhados, deixando espaço suficiente para movimentação dos equipamentos.

Os locais de circulação devem ser mantidos sempre livres e qualquer item que não esteja sendo útil deve ser imediatamente descartado. A limpeza do piso deve ser frequente, assim como das embalagens.

7. Compartilhar a gestão de estoque

Um dos métodos interessantes para garantir a gestão de estoque é compartilhar esse trabalho com o próprio fornecedor. Concedendo acesso aos principais fornecedores, é possível garantir que a reposição seja feita automaticamente, sempre que o estoque chegar a um limite crítico.

8. Controlar o estoque

O controle de estoque deve ser feito de forma criteriosa para garantir que os números apresentados no sistema de gestão sejam iguais ao número de mercadorias existente no armazém.

Para isso, é necessário manter o gerenciamento de todas as entradas e saídas, conferindo os números do sistema com a quantidade de produtos existentes, evitando que ocorram imprevistos, como falta de insumos para produção ou mercadorias disponibilizadas para venda.

Caso a empresa tenha produtos com prazo de validade, é necessário dar especial atenção ao sistema de controle de estoque, garantindo que os produtos que chegam primeiro sejam utilizados em primeiro lugar, como ocorre no sistema FIFO, evitando o vencimento do prazo de validade.

9. Fazer inventário periodicamente

Ao armazenar suas mercadorias é preciso fazer periodicamente o inventário do estoque, garantindo que os números do sistema de gestão sejam iguais à quantidade de produtos armazenados. Se houver qualquer problema, é possível se antecipar e encontrar uma solução para não ocorrer sua repetição.

10. Informatizar o estoque

Finalmente, para armazenar suas mercadorias com a garantia necessária, é preciso investir num sistema de gestão de estoques confiável. Existem diversos sistemas disponíveis, cada um atendendo a uma necessidade específica.

A informatização do estoque oferece inúmeros benefícios para a empresa, possibilitando a emissão de relatórios mais rapidamente, além de oferecer condições de endereçamento das mercadorias e trazendo redução de erros e agilidade para a tomada de decisões.